Reflexões Pessoais

(Re)Start

Soundtrack of this post:


 

Quando a vida bater forte e a sua alma sangrar.

Quando esse mundo pesado lhe ferir, lhe esmagar.

É hora do recomeço. Recomece a lutar.

 

Quando tudo for escuro e nada iluminar.

Quando tudo for incerto e você só duvidar.

É hora do recomeço. Recomece a acreditar.

 

Quando a estrada for longa e seu corpo fraquejar.

Quando não houver caminho nem um lugar pra chegar.

É hora do recomeço. Recomece a caminhar.

 

Quando o mal for evidente e o amor se ocultar.

Quando o peito for vazio e o abraço faltar.

É hora do recomeço. Recomece a amar.

 

Quando você cair e ninguém lhe amparar.

Quando a força do que é ruim conseguir lhe derrubar.

É hora do recomeço. Recomece a levantar.

 

E quando a falta de esperança decidir lhe açoitar.

Se tudo que for real for difícil suportar.

É hora do recomeço. Recomece a sonhar.

 

É preciso de um final pra poder recomeçar.

Como é preciso cair pra poder se levantar.

Nem sempre engatar a ré significa voltar.

 

Remarque aquele encontro. Reconquiste um amor.

Reúna quem lhe quer bem. Reconforte um sofredor.

Reanime quem tá triste e reaprenda na dor.

 

Recomece! Se refaça! Relembre o que foi bom.

Reconstrua cada sonho. Redescubra algum dom.

Reaprenda quando errar. Rebole quando dançar.

 

E se um dia lá na frente, a vida der uma ré,

Recupere a sua fé, e recomece novamente.

Bráulio Bessa


A link between you and my volunteering (and vice versa)

And here we are, reopening the windows of the world around me and bouncing the dust from the roads where I passed through, trying to materialize them into words. Like a spiral, which always returns to the same point, however in a different place, “DaquiPraLá.com” resurfaces with a new layout, but with the same objective; with a new country, but with the same mission

It reborn seeking to be a channel of connection between the world experienced by a young Brazilian volunteer and the world of people who read his texts, and vice versa, as the name sounds. From here, from my world, to there, to the world of readers. From here, from the world of the readers, to there, to the new world that I have found.

What will I find here?

There will be reports of experiences I have lived, true stories, personal reflections, articles about volunteering and, also, the reality in which I am immersed (and that will be the subject of text soon).

I will seek, in addition, publish them always with an English version, in order to reach different publics and places, since global citizenship and planetary consciousness is part of the root of this blog (from now on I apologize in advance to my readers of the Queen’s language for the mistakes that will surely happen).

#herewego

So, filled with the new beginnings that life serves us at the table each day, I invite you to come back with me in this experience, making the reality of the other our own shelter without walls, where curves cannot arrive. May the colors of the world, by me (re)discovered, fill us with new beginnings, every day, every minute, every moment!

11

Anúncios

1 thought on “(Re)Start”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s